Governo admite emergência: 9 casos suspeitos de vírus no Brasil

O Ministério da Saúde informou nesta tarde que chegou a nove o número de casos suspeitos de coronavírus no Brasil, sendo três no estado de São Paulo.

Os outros casos suspeitos estão em Minas Gerais (1), Rio de Janeiro (1), Santa Catarina (2), Paraná (1) e Ceará (1).

Em todo mundo já são mais de 6.000 mil casos, com mais de 130 mortes, a maioria na China.

Fiocruz vai fazer análises laboratoriais

O ministério informou que um protocolo específico será seguido para coleta e diagnóstico de casos suspeitos do coronavírus. Duas amostras serão colhidas e enviadas aos Lacen (Laboratórios Centrais de Saúde Pública), e depois à Fiocruz (Fundação Oswaldo Cruz) fazer a validação e os testes específicos.

Carnaval

O secretário-executivo do ministério da Saúde, João Gabbardo dos Reis, afirmou que, até o momento, não há nenhuma norma específica sobre o período festivo, e que não há “nenhuma decisão de interferência ou intervenção mais drástica em relação ao Carnaval”.

“Esse é um processo em que todos nós estamos aprendendo. Nenhum de nós tem a possibilidade de responder qual velocidade que esse possível surto vai se desenvolver no país. A gente não tem elementos pra fazer essa projeção, e vamos comunicar as pessoas o que elas podem fazer para reduzir as possibilidades de transmissão”.

“Estamos em emergência de saúde pública. Não podemos perder a oportunidade de intervenção. A notificação de suspeita deve ser imediata e pode ser feita por diversos meios de comunicação”, declarou diretor do departamento de Imunização e Doenças Transmissíveis, Júlio Croda.